Social Icons

28 de out de 2013

Bully tem chances de ganhar continuação


Em entrevista concedida ao site Polygon, o vice-presidente de criação da Rockstar Games, Dan Houser, revelou que Bully é um dos seus títulos favoritos criado pela empresa. Ao ser perguntado sobre se poderia haver alguma continuação do game, Houser respondeu: “Eu sei que eu a quero. Bem, espero ser possível, nunca se sabe. Há várias direções que eu poderia tomar nessa sequência, seria engraçado”.

Houser descarta a hipótese de Jimmy Hopkins, protagonista de Bully, estar adulto na continuação e, nem mesmo considera a possibilidade de torná-lo “herói” de uma título como Grand Theft Auto. De acordo com ele, Jimmy não seria um degenerado a esse ponto: como tinha problemas em casa e estava em uma escola privada de baixa qualidade, ele seria apenas um “mal adolescente”. Logo, ele nunca roubaria carros, preferindo uma profissão mais “engravatada”.

Bully foi lançado em 2006, porém nunca chegou ao Brasil porque foi censurado nas terras tupiniquins. Devido ao nome forte, o game sofreu muitos ataques da sociedade, sendo até retirado de algumas prateleiras no Reino Unido. Na hipótese de lançar uma continuação, Houser acredita que a indústria dos games já crescer o suficiente para abordar temas mais maduros, então um possível “Bully 2” poderia não sofrer com o mesmo tratamento sensacionalista recebido na época do antecessor.

2 comentários:

  1. Muito bom esse blog, visito ele sempre quando preciso de ajuda (ex: Aulas (Respostas) esse blog contém muita informação.

    ResponderExcluir